O concerto de Mahler

Do nada, sentiu-se inspirado. Foi até o porão, revirou algumas caixas e encontrou uma antiga partitura musical com um samba do Wilson das Neves para piano e, melhor ainda, uma estante para partituras, esquecida ali sabe-se lá por quem. Talvez alguma amiga de uma de suas filhas. Sacudiu a poeira, levou tudo para a salaContinuar lendo “O concerto de Mahler”

O sonhador

Era um sonhador incorrigível. Desde a infância. Aprendia com facilidade, o problema era conseguir se concentrar nas fórmulas matemáticas e regras ortográficas. Adorava História mas sua cabeça viajava tanto que acabava perdido em épocas e personagens distantes. Pais e professores preocupavam-se. Potencial ele tinha, desde que não divagasse. Em pouco tempo ele já havia sidoContinuar lendo “O sonhador”