O melhor tinto da casa

Chovia torrencialmente. Sentado no antigo restaurante alemão, de frente para a porta, observava a rua sendo lenta e consistentemente tomada pela água que descia do morro próximo. Agora nenhum pedestre se atrevia sequer a caminhar embaixo da marquise. Os automóveis começavam a rarear. Aquela tempestade prometia. Reparou, desolado, que a garrafa do vinho tinto estavaContinuar lendo “O melhor tinto da casa”