Portas abertas, portas fechadas

Um dia o cientista Alexander Graham Bell, um dos pais do telefone, disse que “quando uma porta se fecha, outra se abre. Mas muitas vezes ficamos olhando tanto tempo, tristes, para a porta fechada que nem notamos aquela que se abriu.” Pois é, estava certíssimo. Não sei e nem consegui descobrir a origem das portas.Continuar lendo “Portas abertas, portas fechadas”