Quase uma rima

Por que a gente não se fala mais? Tem tanto tempo que não ouço sua voz que quase não lembro se era fina, rouca ou alta. Seus olhos, ainda são azuis? Não, eram castanhos, não é mesmo? Ou seriam pretos? Seus cabelos já estão brancos? Soltos, compridos, bonitos? Ou curtos, sóbrios e delicados, como euContinuar lendo “Quase uma rima”